quinta-feira, 2 de fevereiro de 2023

GENTES DO CONCELHO DE MELGAÇO 

Freguesia de São Paio

Por Joaquim A. Rocha


//  continuação de 6/10/2022...


CARVALHO, Luís Augusto. Filho de João Batista de Carvalho, natural de São Paio, e de Justina Vaz, natural de Penso, comerciantes, moradores no lugar da Carreira. Neto paterno de Francisco José de Carvalho e de Ana (ou Antónia) da Ascensão Neiva; neto materno de João Vaz e de Rosa da Rocha. // Nasceu na freguesia de São Paio a 12/2/1911 e foi batizado na igreja a 15 desse mês e ano. Padrinhos: Manuel José de Castro e Marcelina Rosa de Araújo Azevedo (Castro), casados, proprietários. // Em 1936 foi à cidade do Porto fazer exame para aferidor de pesos e medidas e obteve a nota de doze valores (Notícias de Melgaço n.º 323). // Viveu parte da sua vida em Valença do Minho. // Morreu na freguesia de Monserrate, Viana do Castelo, a 19/1/1995.

 

CARVALHO, Luísa Maria. // Do lugar de Sante. // Faleceu, com todos os sacramentos da igreja católica, a 26/2/1841, e foi sepultada na igreja no dia seguinte. 

 

CARVALHO, Manuel. // Do lugar da Veiga. // Viúvo. // Faleceu a 30 de Abril de 1835 e foi sepultado na igreja a 1 de Maio desse ano.

 

CARVALHO, Manuel António. // Natural de Sante. // Faleceu, com o sacramento da extrema-unção, não recebendo os demais «por se lhe tirar a fala», a 16/2/1845, e foi sepultado na igreja, com ofício de corpo presente, a 18.

 

CARVALHO, Manuel António. Filho de Manuel Carvalho e de Isabel Codesseira, moradores na Veiga. N.p. de Manuel José Carvalho e de Domingas Alves, lavradores, de Sante; n.m. de Francisco Codesseira e de Antónia de Freitas, lavradores, do Nogueiral. Nasceu na década de 90 do século XVIII. // Lavrador e ferreiro. // Casou com Joaquina da Rosa, do lugar da Costa. // Faleceu no dia 23/1/1862, às treze horas, no rio de Canles, por baixo da ponte desse nome, perto do lugar da Carpinteira. // Tinha 68 anos de idade. // Foi sepultado na igreja católica a 25, sem sacramentos, por ter morrido subitamente. // Não fizera testamento e deixou oito filhos legítimos.

 

CARVALHO, Manuel António. // Nasceu por volta de 1839. // Morreu no lugar de Soutulho, São Paio, a --/--/1929, com 90 anos de idade (Notícias de Melgaço n.º 13, 19/5/1929).

 

CARVALHO, Manuel António. Filho de António Manuel de Carvalho e de Maria Joaquina dos Ramos, moradores em Sante. N.p. de António José de Carvalho e de Joana Maria Fernandes, de Soutulho; n.m. de António José dos Ramos e de Maria Rosa Alves, do Barral. Nasceu em São Paio a 22/3/1844 e foi batizado a 24 desse mês e ano. Padrinhos: padre Manuel José Meleiro Castro, da Raza, e António Manuel dos Ramos, do Barral. // Casou a 18/4/1869 com Maria Petronila, de 24 anos de idade, solteira, de Sante, batizada na igreja de São Paio, filha de José Fernandes e de Maria Rosa Rodrigues, lavradores. Testemunhas presentes: padre Manuel José Meleiro de Castro, da Raza, e Manuel Joaquim da Costa, solteiro, do Cruzeiro.

 

CARVALHO, Manuel António. Filho de Manuel Joaquim Carvalho e de Rosa Maria Lourenço, moradores em Sante. N.p. de António José Carvalho e de Joana Maria Fernandes, de Soutulho; n.m. de José Francisco Lourenço e de Maria Domingues, de Sante. Nasceu em São Paio a 8/1/1859 e foi batizado dois dias depois. Padrinhos: Manuel António Rodrigues (por procuração de António José Carvalho, de Soutulho) e Maria ----------, solteira, ambos de Sante. // Nota: deve ser a mesma criança que morreu a 15/12/1860, com apenas dois anos de idade. A dúvida consiste no seguinte: os pais eram Joaquim Carvalho e Rosa Lourenço; os avós paternos, Francisco Carvalho e Teresa Alves; os maternos, José Francisco Lourenço e Joaquina Domingues, todos de Sante, lavradores. É possível que haja lapso de quem redigiu o assento de óbito; foi sepultado na igreja de São Paio, com missa cantada.    

 

CARVALHO, Manuel António. Filho de Manuel António de Carvalho e de Maria Petronila Fernandes, moradores no lugar de Soutulho. Neto paterno de António Manuel Carvalho e de Maria Joaquina Ramos, do dito lugar; neto materno de José Fernandes e de Maria Rosa Rodrigues, do lugar de Sante, todos lavradores. Nasceu em São Paio a 9/3/1881 e foi batizado no dia seguinte. Padrinhos: padre Manuel José Meleiro Castro, proprietário, do lugar da Raza, e Ana Rosa Alves Garelha, solteira, lavradora, do lugar de Sante. // Era solteiro, camponês, quando casou na igreja de São Paio a 30/3/1902 com a sua conterrânea Ana Joaquina Gonçalves, de 26 (!) anos de idade, solteira, camponesa, moradora no lugar dos Lourenços, filha de Manuel José Gonçalves e de Joaquina Rosa Durães, camponeses. // Não sei se é o senhor que foi jurado por São Paio em 1908 (Jornal de Melgaço n.º 743) ou se é um dos de cima. 

 

CARVALHO, Manuel Francisco. Filho de Manuel Joaquim Carvalho e de Rosa Maria Lourenço. N.p. de Francisco José de Carvalho e de Teresa Alves; n.m. de Francisco José Lourenço e de Joaquina Domingues, todos lavradores. Nasceu em São Paio a 27/10/1872 e foi batizado a 30 desse mês e ano. Padrinhos: António Manuel de Carvalho, casado, de Soutulho, e Maria Alves.

 

CARVALHO, Manuel Francisco. Filho de Francisco de Carvalho e de Rosa Alves Garelha. N.p. de Francisco José Carvalho e de Teresa Alves Garelha; n.m. de Francisco Alves Garelha e de Marcelina Vaz, todos de Sante, lavradores. Nasceu em São Paio a 23/6/1876 e foi batizado a 25 desse mês e ano. Padrinhos: Francisco Alves Garelha e Maria Alves Garelha, ambos casados. 

 

CARVALHO, Manuel de Jesus. Filho de Eurico Cândido de Carvalho e de Adelaide Rosa Gomes. Nasceu em São Paio a --/--/1914 (Correio de Melgaço n.º 94, de 5/4/1914).  

 

CARVALHO, Manuel Joaquim. Filho de Francisco José de Carvalho e de Teresa Alves, moradores no lugar de Sante. N.p. de António José de Carvalho e de Joana Maria Fernandes; n.m. de José Alves e de Maria Alves. Nasceu em São Paio a 14/2/1829 e foi batizado pelo padre JVC no dia seguinte. Padrinhos: António Fernandes e sua mulher Teresa Fernandes, de Soutulho. // Casou com Rosa Maria Lourenço, filha de Francisco José Lourenço e de Joaquina Domingues. // A sua mulher faleceu a 27/6/1908, no estado de viúva. // Com geração.

 

CARVALHO, Manuel Joaquim. Filho de Manuel António Carvalho e de Joaquina Rosa, moradores no lugar da Costa. N.p. de Manuel José de Carvalho e de Isabel Codesseira, da Veiga; n.m. de Manuel António e de Rosa Quintela, do sobredito lugar da Costa. Nasceu em São Paio a 7/2/1833 e foi batizado a 10 desse mês e ano. Padrinhos: Manuel José Rodrigues Caldas e sua mulher, Rosa Maria, de Real. // Ferreiro. // Casou com Florinda de Jesus Gonçalves, natural de Chaviães. // Enviuvou a 20/5/1900. // Faleceu nessa freguesia, no lugar do Escuredo, a --/--/1917 (Correio de Melgaço n.º 248, de 6/5/1917). // Com geração.

 

CARVALHO, Manuel Joaquim. Filho de Francisco José de Carvalho e de Antónia da Assunção Neiva, do lugar da Carreira. Neto paterno de João Batista de Carvalho e de Rosa Joaquina Gomes Veloso, da Vila de Melgaço; neto materno de Manuel Caetano Neiva e de Lina Teresa Fernandes, do lugar da Carreira, todos lavradores. Nasceu em São Paio a --/--/1872 e foi batizado a 9 de Julho desse ano. Padrinhos: Manuel Joaquim Vieites e sua mulher, Joaquina Rosa Codesseira, da Carreira. // Tinha 38 anos de idade, era solteiro, lavrador, morava no lugar da Carreira, quando casou na igreja de São Paio a 19/3/1911 com a sua conterrânea e parente no 4.º grau de consanguinidade, Joaquina Rosa Vaz, de 36 anos de idade, solteira, filha de José Maria Vaz e de Maria Rosa Gomes, rurais. Testemunhas: Bento Vieites e Manuel José Vaz, casados, camponeses. // Morreu a 19/11/1947. // Com geração.

 

CARVALHO, Manuel Joaquim. Filho de Virgínia Alves Santejo (*), do lugar da Carreira, São Paio. // Irmão de Maria de Lurdes Carvalho, de António Manuel Carvalho, e de Manuel José Alves Faustino (VM 934, de 1/3/1991). /// (*) Faleceu a 17/2/1991, com 66 anos de idade, viúva de José Faustino. 

 

CARVALHO, Manuel José. Filho de António José Carvalho e de Joana Maria Fernandes, lavradores, de São Paio. // Faleceu em Soutulho a 22/2/1879, com todos os sacramentos, solteiro. // Tinha 86 anos de idade. // Foi sepultado na igreja. // Não fizera testamento.

 

CARVALHO, Manuel José Gonçalves (Padre). // Em Setembro de 1831 era pároco encomendado da freguesia de São Paio. // Substituiu o padre João Durães.  

 

CARVALHO, Manuel Luís. Filho de Vitorino José de Carvalho e de Maria [Luísa] de Carvalho, lavradores, residentes no lugar de Sante. N.p. de Manuel António de Carvalho e de Joaquina Rosa da Rosa, do lugar da Costa; n.m. de Manuel Carvalho e de Maria Rosa Domingues, de Sante. Nasceu em São Paio a 1/12/1872 e foi batizado a três desse mês e ano. Padrinhos: José Manuel Esteves, solteiro, do lugar da Igreja, Rouças, e Florinda Rosa de Carvalho, do lugar da Costa, São Paio. // Faleceu a 24/6/1874.  

 

CARVALHO, Manuel Tiago. Filho de Alfredo Carvalho e de Joaquina Rosa Alves de Macedo, agricultores, sampaienses, residentes no lugar de Soutulho. Neto paterno de Manuel António Carvalho e de Maria Petronila Fernandes; neto materno de Manuel Joaquim Alves de Macedo e de Rosa Rodrigues. Nasceu em São Paio a 21/7/1910 e foi batizado a 25 desse mês e ano. Padrinhos: Manuel Marques, casado, e Maria das Dores Fernandes Cela, viúva, rurais.                                                                                                                                                                                                                                             Carvalho, Maria. // Do lugar da Veiga. // Viúva. // Faleceu, com todos os sacramentos, sem testamento, a 8/6/1843, e no dia 10 foi sepultada na igreja, com ofício de corpo presente.                                                    

 

CARVALHO, Maria da Conceição. Filha de --------- de Carvalho e de -----------------------. Nasceu por volta de 1854. // Faleceu em Sante, freguesia de São Paio, a --/--/1914, com 60 anos de idade (Correio de Melgaço n.º 113, de 25/8/1914)  

 

CARVALHO, Maria Joaquina. // Do Cruzeiro. // Viúva. // Faleceu com todos os sacramentos, sem testamento, a 5 de Dezembro de 1843, e foi sepultada na igreja, com ofício de corpo presente, no dia seguinte.

 

CARVALHO, Maria Joaquina. Filha natural de Maria Rosa Domingues de Carvalho, natural de Cubalhão, e do padre Miguel Rodrigues Torres, natural de São Paio. Nasceu provavelmente na década de setenta do século XIX. // Casou com Manuel Marques, natural de Fiães. // Mãe de António Augusto Marques, nascido em 1903 (ver em Fiães), e de Júlio Maximiano Marques, nascido em 1901 (ver em São Paio).   

 

CARVALHO, Maria Joaquina. Filha de Manuel António de Carvalho e de Ana Joaquina Gonçalves, serviçais, moradores no lugar de Soutulho. Neta paterna de Manuel António de Carvalho e de Maria Petronila Fernandes; neta materna de Manuel José Gonçalves e de Joaquina Rosa Durães. Nasceu em São Paio a 6/8/1903 e foi batizada a 8 desse mês e ano. Padrinhos: Joaquim Esteves da Costa e Maria Durães, casados, camponeses.

 

CARVALHO, Maria José. Filha de Manuel António de Carvalho e de Joaquina da Rosa da Rosa, moradores no lugar da Costa. N.p. de Manuel José de Carvalho e de Isabel Codesseira; n.m. de Manuel António da Rosa e de Rosa Quintela. Nasceu em São Paio a 5/12/1828 e foi batizada a 9 desse mês e ano. Padrinhos: Manuel José Dias e Maria Luísa Lourenço. // Lavradeira. // Casou a 20/2/1871 com José Vicente, solteiro, de 40 anos de idade, lavrador, natural de Paderne, filho de Matias Monteiro e de Rosa Gonçalves, moradores na Cividade. Testemunhas: Bento José Rodrigues, da Granja, e Manuel Joaquim da Costa, do Cruzeiro, casados. // O seu marido morreu a 28/4/1888. // Ela faleceu a 23/8/1906, no lugar da Granja, com todos os sacramentos, no estado de viúva, com testamento, sem filhos, e foi sepultada no cemitério.    

 

CARVALHO, Maria Luísa. Filha de Manuel José Carvalho e de Maria Rosa Domingues. N.p. de João Carvalho e de Antónia Afonso; n.m. de António Domingues e de Rosa Afonso, todos de Sante. Nasceu em São Paio a 18/10/1838 e foi batizada a 21 desse mês e ano. Padrinhos: António Afonso e Maria Rosa Afonso, solteiros, de Fontes, Paderne.

 

CARVALHO, Maria Rosa (ou Rosa Maria). Filha de Manuel José de Carvalho e de Isabel Codesseira, lavradores. // Casou com Vicente Ribeiro, natural de Prado, morador na Veiga, São Paio. // Faleceu no dito lugar da Veiga, a 19/2/1869, com todos os sacramentos. // Tinha 65 anos de idade. // Foi sepultada na igreja. // Não fizera testamento. // Deixou uma filha.    

 

CARVALHO, Maria Rosa. Filha de Manuel António de Carvalho e de Joaquina da Rosa da Rosa, moradores no lugar da Costa. N.p. de Manuel José de Carvalho e de Isabel Codesseira, do Nogueiral (ou Veiga); n.m. de Manuel António da Rosa e de Rosa Quintela, da Costa. Nasceu em São Paio a 19/11/1821 e foi batizada a 22 desse mês e ano. Padrinhos: João Manuel Rodrigues, casado, e Rosa Maria, solteira, do Nogueiral. // Casou com o seu conterrâneo Manuel José de Freitas. // Faleceu em sua casa da Costa a 26/7/1860 e foi sepultada na igreja no dia 28, com ofício de corpo presente. // Recebera os sacramentos da penitência e eucaristia. // Não fizera testamento e deixou três filhos de menor idade. // O seu viúvo casou com Maria Rosa Domingues.   

 

CARVALHO, Maria Rosa. Filha de Francisco Carvalho e de Rosa Alves Garelha. Neta paterna de Francisco de Carvalho e de Teresa Alves Garelha; neta materna de Francisco Alves Garelha e de Marcelina Vaz de Carvalho, todos de Sante. Nasceu em São Paio a 4/9/1880 e foi batizada no dia seguinte. Padrinhos: Francisco Alves Garelha, casado, e Maria Rosa Alves Garelha, solteira, ambos do sobredito lugar, todos lavradores. // Casou na igreja do mosteiro de Paderne a 19 de Abril de 1908 com o seu conterrâneo e parente José António Lourenço. // Com geração.      

 

CARVALHO, Maria Teresa. Filha de Francisco José de Carvalho e de Teresa Alves, moradores em Soutulho. N.p. de António José Carvalho e de Joana Maria Fernandes; n.m. de José Alves e de Maria Alves, de Sante. Nasceu em São Paio a 5/4/1823 e foi batizada a sete do mesmo mês e ano. Padrinhos: António José Fernandes e sua mulher Teresa Gonçalves, de Soutulho.

 

CARVALHO, Maria Teresa. Filha de Manuel Joaquim de Carvalho e de Rosa Maria Gonçalves, moradores em Sante. N.p. de José Carvalho e de Maria Joaquina Lourenço, de Covelo, Paderne; n.m. de Manuel Gonçalves (de Jesus) e de Antónia Maria Cerqueira, de Sante, todos lavradores. Nasceu em São Paio a 14/9/1860 e foi batizada na igreja no dia seguinte (fora batizada em casa por Teresa Alves). Padrinhos: António Francisco Alves, casado, lavrador, e a referida Teresa Alves, viúva, de Sante.   

 

CARVALHO, Máximo (ou Maximino). Filho de Paulo José de Carvalho e de Maria Joaquina Fernandes, lavradores. N.p. de Domingos José de Carvalho e de Maria Joana Lourenço; n.m. de João Fernandes “Cela” e de Maria Teresa Domingues. Nasceu em Sante, São Paio, a 15/4/1885 e foi batizado pelo padre JAF a 19 desse mês e ano. Padrinhos: Manuel Joaquim Alves Garelha, casado, lavrador, e Clara Maria de Carvalho, solteira, lavradora, ambos moradores em Sante, lugar meeiro de Paderne e São Paio. // Aquando da morte de seu pai, ocorrida por volta de 1919, estava solteiro e encontrava-se ausente em parte incerta da Argentina (JM 1251, de 22/6/1919).             

 

CARVALHO, Paulo José. Filho de Domingos José de Carvalho e de Maria Joana Lourenço. N.p. de João de Carvalho e de Antónia Afonso; n.m. de Manuel Lourenço da Silva e de Luísa Teresa Lourenço, todos de Sante. Nasceu em São Paio a 2/2/1843 e foi batizado a 5 desse mês e ano. Padrinhos: Francisco Codesso e Maria Luísa Lourenço, do sobredito lugar. // Lavrador. // Casou a 22/3/1877 com Maria Joaquina, de trinta anos de idade, solteira, do lugar de Sante, filha de João Fernandes Cela e de Maria Teresa Domingues, rurais. Testemunhas: Manuel António Esteves e Manuel de Carvalho. // Com geração. // Faleceu por volta de 1919; por sua morte foram citados Manuel António de Carvalho e sua esposa, Claudina de Carvalho, Francisco José de Carvalho e Maximino de Carvalho, todos emigrantes na Argentina, além do credor, Manuel Ribeiro, da Valinha, Monção (JM 1251, de 22/6/1919).  

 

CARVALHO, Requelinda Augusta. Filha de António Augusto de Carvalho e de Maria das Dores Rodrigues. Nasceu em São Paio a --/--/1916 (Correio de Melgaço n.º 229, de 17/12/1916).

 

CARVALHO, Rosa. // Do lugar do Cruzeiro. // Faleceu solteira, a 26/10/1822.

 

CARVALHO, Rosa. // Do lugar da Costa. // Faleceu a 3/9/1854 com os sacramentos da penitência e extrema-unção, não recebendo o sagrado viático por impedimento da doença, e foi sepultada na igreja, com ofício de corpo presente, no dia seguinte.

 

CARVALHO, Rosa. Filha de Manuel Joaquim Carvalho e de Rosa Maria Lourenço, lavradores, residentes no lugar de Sante. // Faleceu nesse lugar a 10/12/1864, com apenas quinze meses de idade.

 

CARVALHO, Rosa Clara. Filha de Francisco José Carvalho e de Teresa Alves. N.p. de António José Carvalho e de Joana Maria Fernandes, de Soutulho; n.m. de José Alves e de Maria Alves, de Sante. Nasceu em São Paio a 21/8/1832 e foi batizada a 23 desse mês.

 

CARVALHO, Rosa Maria. // Do lugar de Sante. // Viúva. // Morreu a 11/4/1851, com todos os sacramentos, e com testamento, e foi sepultada na igreja, com ofício de corpo presente de 7 padres «cujo tam somente deixou», no dia seguinte.

 

CARVALHO, Rosa Maria. Filha de Jerónimo Carvalho e de Maria Vitória, lavradores, moradores no lugar de Soutulho. Nasceu na década de 90 do século XVIII. // Lavradeira. // Casou com João Batista. // Faleceu no citado lugar, com todos os sacramentos, a 4/4/1861, viúva, com 65 anos de idade, mais ou menos, e no dia seguinte foi sepultada na igreja. // Fizera testamento verbal, perante testemunhas. // Deixou cinco filhos.   

 

CARVALHO, Rosa Maria. Filha de Domingos José de Carvalho e de Maria Joana Lourenço, moradores em Sante. N.p. de João Carvalho e de Antónia Afonso; n.m. de Manuel Lourenço da Silva e de Luísa Teresa. Nasceu em São Paio a 14/3/1833 e foi batizada a 16 desse mês e ano. Padrinhos: Francisco, solteiro, filho de António Codesso, e Custódia Maria, solteira, filha de Manuel Dias.

 

CARVALHO, Rosa Maria. Filha de Manuel António de Carvalho e de Joaquina Rosa, moradores no lugar da Costa. N.p. de Manuel José de Carvalho e de Isabel Codesseira, da Veiga; n.m. de António Manuel e de Rosa Quintela, da Costa. Nasceu em São Paio a 25/12/1834 e foi batizada a 29 desse mês e ano. Padrinhos: Manuel José Caldas e sua mulher Rosa Maria, de Real.

 

CARVALHO, Rosa Maria. Filha de António Manuel de Carvalho e de Maria Joaquina dos Ramos, moradores em Soutulho. N.p. de António José Carvalho e de Joana Maria Fernandes, do dito lugar; n.m. de António José dos Ramos e de Maria Rosa Alves, do Barral. Nasceu em São Paio a 9/7/1842 e foi batizada a 11 do dito mês e ano. Padrinho: padre Manuel José Meleiro [de Castro], do lugar da Raza.

 

CARVALHO, Salvador. // Lê-se no Notícias de Melgaço n.º 1603, de 24/7/1966: «No passado dia 18 do corrente foi socorrido no banco do hospital da Misericórdia desta Vila, com esfacelamento da mão esquerda, o menor Salvador de Carvalho, de São Paio, que ao tentar fazer rebentar uma bomba de foguete, o que fez com tanta infelicidade que a mesma o aleijou para toda a vida! Depois de tratado pelo Dr. Manuel Ribeiro, ficou internado

 

CARVALHO, Sara Cândida. Filha de João Batista de Carvalho, natural de São Paio, e de Justina Vaz, natural de Penso, comerciantes, moradores no lugar da Carreira. Neta paterna de Francisco José de Carvalho e de António da Assunção da Neiva; neta materna de João Vaz e de Rosa da Rocha. Nasceu em São Paio a 2/11/1906 e foi batizada a 4 desse mês e ano. Padrinhos: Luís Augusto de Carvalho, solteiro, 2.º sargento do exército, representado por António Joaquim de Neiva, professor da instrução primária aposentado, e Cândida Duarte, solteira, serviçal, representada por Genoveva Augusta de Neiva, proprietária. // Foi professora oficial em Penso. // Lê-se no Notícias de Melgaço n.º 114, de 21/6/1931: «Na casa de seus pais, na Carreira de São Paio, tem estado doente a senhora D. Sara Vaz de Carvalho, ilustre professora oficial de Penso. Desejamos-lhe um breve restabelecimento.» // Em 1935 morava com seus pais na Carreira, São Paio. // Casou na CRCM a 18/9/1938 e na igreja da Gamieira, Ponte de Lima, com Abílio José Esteves Martins, empregado comercial na Vila de Valença, natural da freguesia de Monserrate, Viana do Castelo; ela, nesse ano, estava colocada na freguesia de Silva, concelho de Valença (NM 285 e NM 415, de 2/10/1938). // Enviuvou a 31/7/1985. // Faleceu a 24/8/1988.  

 

CARVALHO, Teresa. Filha de Joaquim Vaz de Carvalho e de Maria Alves, moradores em Sante. Neta paterna de Manuel Vaz de Carvalho e de Maria Carvalho, do dito lugar; neta materna de Manuel Alves e de Rosa Esteves, de Covelo, Paderne. Nasceu em São Paio a 7/8/1808 e foi batizada a 10 desse mês e ano. Padrinhos: Manuel José Domingues Casal e Antónia Maria Afonso, casada com João de Carvalho.  

 

CARVALHO, Vasco Francisco. Filho de João Batista de Carvalho e de Justina Vaz. Nasceu em São Paio a --/--/1913 (Correio de Melgaço n.º 32, de 12/1/1913), e foi batizado na igreja a 9 de Setembro desse ano. Padrinhos: Luís Augusto de Carvalho, 1.º sargento da Companhia de Saúde em Moçambique, e Rita Esteves (Correio de Melgaço n.º 66, de 14/9/1913).

 

CARVALHO, Vitorino José. Filho de Manuel António Carvalho e de Maria Joaquina da Rosa, moradores no lugar da Costa. Neto paterno de Manuel Carvalho e de Isabel Codesseira; neto materno de Manuel António da Rosa e de Rosa Quintela. Nasceu em São Paio a 12/4/1840 e foi batizado dois dias depois. Padrinhos: padre Manuel José Meleiro de Castro e Vitorina Rodrigues, do dito lugar da Costa. // Lavrador. // Casou na igreja de Paderne a 21/2/1872 com Maria Luísa de Carvalho, de 32 ou 34 anos de idade, solteira, sua parente no 3.º grau, do lugar de Sante, também batizada na igreja de São Paio, filha de Manuel Francisco de Carvalho e de Maria Domingues. Testemunhas: padre Albano Júlio de Castro, FASV e JMG. // Faleceu em São Paio a --/--/1915, no estado de viúvo (Correio de Melgaço n.º 134, de 26/1/1915). 

 

CASAL

 

CASAL, Abílio. Filho de Manuel Domingues Casal e de Maria Rosa Meleiro. Nasceu em São Paio a --/--/1932 (NM 149, de 8/5/1932). // Morreu no lugar dos Lourenços, São Paio, a --/--/2022, com 90 anos de idade (A Voz de Melgaço de 1/5/2022).

 

CASAL, Albano. Filho de José Joaquim Domingues Casal e de Joaquina Rosa de Castro, moradores no lugar dos Lourenços. Neto paterno de Manuel Inácio Domingues Casal e de Teresa de Jesus Afonso; neto materno de Januário de Castro e de Maria Joaquina Afonso. Nasceu em São Paio a --/--/1929 (NM 5, de 17/3/1929). // A 11/9/1948, em uma mina de Chaviães, onde ele trabalhava, ficou gravemente ferido, tendo de ser internado no hospital da SCMM; o seu irmão Manuel morreu logo ali, na mina; o outro irmão, Álvaro, teve de ser internado no dito hospital (ver NM 872, de 12/9/1948). // Casou com a sua conterrânea Gracinda Pureza Quintela; em 1999 moravam no dito lugar dos Lourenços. // No ano de 1970 adquiriram, por compra verbal, a Abel Alves e sua mulher, Palmira Fernandes, moradores em Braga, o “Campo da Corga”, sito no Fecho, Rouças, com a área de 1.500 m2, a confrontar a sul com Manuel Luís Durães e a nascente com Artur Anselmo Dantas. 

 

CASAL, Álvaro. Filho de José Joaquim Domingues Casal e de Joaquina Rosa de Castro, residentes no lugar dos Lourenços. N.p. de Manuel Inácio Domingues Casal e de Teresa de Jesus Afonso; n.m. de Januário de Castro e de Maria Joaquina Afonso. Nasceu em São Paio por volta de 1923. // Mineiro. // Casou com -------------------------. // A 11/9/1948, em uma mina de Chaviães, cujo proprietário era Aníbal José Alves, do lugar da Portela, ficou gravemente ferido, tendo de ser internado no hospital da SCMM. O irmão Manuel, também mineiro, morreu; e o outro irmão, Albano, ficou bastante ferido (ver Notícias de Melgaço n.º 872, de 12/9/1948).

 

CASAL, António. Filho de -------- Domingues Casal e de ----------------------------. Nasceu em Sante a --/--/1---. // Faleceu com todos os sacramentos, sem testamento, a 9/9/1850, e foi sepultado na igreja da freguesia, com ofício de corpo presente, no dia seguinte.  

 

CASAL, António. Filho de José Joaquim Domingues Casal e de Joaquina Rosa de Castro, moradores no lugar dos Lourenços. Neto paterno de Manuel Inácio Domingues Casal e de Teresa de Jesus Afonso; neto materno de Januário de Castro e de Maria Joaquina Afonso. Nasceu em São Paio a --/--/1917 (Correio de Melgaço n.º 240, de 11/3/1917).

 

CASAL, António Joaquim. Filho de Joaquim Domingues Casal e de Rosa Ferreira. Neto paterno de Manuel Domingues Casal e de Domingas Carvalho; neto materno de Manuel Ferreira e de Luísa Gonçalves, todos de Sante. Nasceu em São Paio a 23/11/1820 e foi batizado no dia seguinte. Padrinhos: José Codesso e mulher, Maria Teresa de Castro Meleiro, da Casa das Quingostas. // Gémeo de Manuel Joaquim.  

 

CASAL, António José. Filho de Joaquim Domingues Casal e de Rosa Ferreira, moradores em Sante. // Casou com Joaquina Rosa Alves. // Faleceu em Lourenços, a 27/4/1876, com todos os sacramentos. // Tinha (segundo o padre) 43 anos de idade. // Foi sepultado na igreja de São Paio. // Não fizera testamento. // Deixou filhos. // Nota: o mais provável é ser o de cima; o José e o Joaquim por vezes confundiam-se, sobretudo quando os assentos estavam quase ilegíveis; ver a sua geração.

 

CASAL, António José. Filho de Manuel Joaquim Domingues Casal e de Ana Rodrigues Calhegas. N.p. de Manuel Domingues Casal e de Rosa Gonçalves; n.m. de Domingos Rodrigues Calhegas e de Ana Rodrigues, todos de Sante, lavradores. Nasceu em São Paio a 13/3/1861 e foi batizado no dia seguinte. Padrinhos: Manuel Joaquim Afonso, casado, arreeiro (?), de Lourenços, e Joaquina Gonçalves, solteira, de Sante.

 

CASAL, Augusto. Filho de Manuel [Joaquim] Domingues Casal e de Maria Rosa Meleiro. // Lê-se no Notícias de Melgaço n.º 1506, de 22/3/1964: «Da casa de seus pais, da freguesia de São Paio, desapareceu um indivíduo de nome Augusto, de 18 anos de idade, filho de Manuel Domingues Casal, já falecido, e de Maria Rosa Meleiro, daquela freguesia. Vestia casaco de fazenda cinzento-escuro e calça de cotim escuro. Presume-se que iria a caminho de França. Pede-se a todas as pessoas e autoridades que souberem do seu paradeiro o favor de comunicar para sua família, que se prontificará a pagar todas as despesas

 

CASAL, Ádourea. Filha de Manuel Inácio Domingues Casal, natural de Paderne, e de Teresa de Jesus Afonso, natural de São Paio. N.p. de Manuel Joaquim Domingues Casal e de Ana Rosa Rodrigues Calhegos; n.m. de Maria Violante Afonso. Nasceu em Sante, São Paio, a 15/8/1898, e foi batizada pelo padre António Esteves a 20 desse mês e ano. Padrinhos: Bento Gonçalves, comerciante, e Rosa Maria Pereira, solteira, serviçal, ambos de Sante.

 

CASAL, Carlos Francisco Domingues. // Nasceu em São Paio a --/--/19--. // Casou com a sua conterrânea Maria Celeste Flores Pereira. // Residiu no lugar de Soutulho (consultar “A Voz de Melgaço” de 1 de Outubro de 2022, página 16).

 

CASAL, Constantino. Filho de José Joaquim Domingues Casal e de Rosa Vieites, lavradores. Neto paterno de António José Domingues Casal e de Joaquina Rosa Alves; neto materno de Francisco José Vieites e de Claudina Rosa Alves. Nasceu no lugr dos Lourenços, São Paio, a 3/9/1888 e foi batizado pelo padre JAF a oito desse mês e ano. Madrinha: a sua avó materna, viúva. // Faleceu em Paderne a 29/3/1964.

 

CASAL, Domingos Joaquim. Filho de Manuel Joaquim Domingues Casal e de Florinda Rosa Soares. Neto paterno de José Domingues Casal e de Custódia Dias (Mana); neto materno de Manuel António Soares e de Joana Vaz, todos de Sante, lavradores. Nasceu em São Paio a 1/5/1877 e foi batizado dois dias depois. Padrinhos: Domingos Joaquim da Rocha, solteiro, natural de Castro Laboreiro, morador no lugar de Sante, e Maria Joaquina Domingues Casal, viúva, do sobredito lugar. // Era solteiro, serviçal, morava no lugar de Sante, quando casou na igreja de São Paio a 2/4/1899 com Maria Teresa Afonso, de 31 anos de idade, solteira, serviçal, do dito lugar de Sante (ver em Paderne), filha de Emília Carlota Afonso, solteira, camponesa. Testemunhas: João Francisco Alves, casado, pedreiro, do lugar de Sante, e Germano dos Santos Pires, estudante, do lugar do Cruzeiro. // Morreu a 17/8/1941 (?). 

 

CASAL, Ermelinda da Conceição. Filha de Vicência Dias, solteira, moradora em Sante. Neta materna de Maria Rosa Dias, do dito lugar, lavradeiras. Nasceu em São Paio a 4/6/1879 e foi batizada dois dias depois. Padrinhos: António Joaquim Domingues Casal, solteiro, e irmã, Maria Joaquina Domingues Casal, viúva, ambos de Sante. // Aquando do casamento dos pais, Francisco José Domingues Casal e Vicência Dias, realizado na igreja de São Paio a 26/1/1882, foi reconhecida como filha legitimada; por isso, é neta paterna de José Joaquim Domingues Casal e de Custódia Maria Dias, lavradores, do lugar de Sante. // Casou na igreja de São Paio a 4/2/1905 com o seu conterrâneo José Joaquim Esteves, solteiro, jornaleiro. // Ambos os cônjuges faleceram em Paderne: o marido a 17/2/1955 e ela a 6/1/1967 (?). 

 

CASAL, Filomena Rosa. Filha de José Joaquim Domingues Casal e de Rosa Vieites, lavradores. N.p. de António José Domingues Casal e de Joaquina Rosa Alves; n.m. de Francisco José Vieites e de Claudina Rosa Alves. Nasceu nos Lourenços, São Paio, a 19/7/1885 e foi batizada pelo padre JAF dois dias depois. Padrinhos: Francisco José Afonso, solteiro, proprietário, representado por Manuel José Vieites, solteiro, lavrador, e Claudina Rosa Alves, avó materna da criança, viúva, lavradora, ambos moradores nos Lourenços. // Faleceu em Paderne a 7/4/1963.

 

CASAL, Francisco. Filho de José Joaquim Domingues Casal e de Joaquina Rosa de Castro. Nasceu em São Paio a --/--/1920 (JM 1307, de 10/10/1920).

 

CASAL, Francisco José. Filho de António José Domingues Casal e de Mariana Domingues. N.p. de Manuel Domingues Casal e de Domingas Carvalho; n.m. de Manuel António Domingues e de Ana Ferreira. Nasceu em São Paio a 26/7/1814 e foi batizado a 3 de Agosto desse ano. Padrinhos: Joaquim Domingues Casal (por procuração de seu irmão Francisco Domingues Casal, solteiro, ausente em Valença), e Maria Rosa Rodrigues, todos de Sante. // Lavrador. // Casou com Maria, filha de João Alves “Amoroso” e de Joaquina Domingues, de Sante, de quem ficou viúvo. // Faleceu no sobredito lugar a 21/5/1883, com todos os sacramentos, e foi sepultado na igreja de São Paio. // Não fizera testamento. // Deixou filhos.   

 

CASAL, Francisco José. Filho de José Joaquim Domingues Casal e de Custódia Maria Dias, lavradores, residentes no lugar de Sante. Nasceu por volta de 1845 ou 1848. // Lavrador. // Casou a 26/1/1882 com a sua parente em 4.º grau de consanguinidade, Vicência Dias, de 37 anos de idade, solteira, jornaleira, filha de Maria Rosa Dias, moradora em Sante. Testemunhas: Manuel José Lourenço, casado, proprietário, morador no lugar do Pinheiro, Paderne, e Manuel Joaquim Alves de Macedo, casado, artista, morador em Sante. // Nota: os noivos reconheceram como filhos a Manuel Joaquim, nascido a 21/1/1875 e batizado a 24, e a Ermelinda da Conceição, nascida a 4/6/1879 e batizada a seis. // Morreu no lugar de Sante a 6/1/1891, com todos os sacramentos, com 43 anos de idade, no estado de casado, sem testamento, e foi sepultado na igreja paroquial.  

 

CASAL, Francisco José. Filho de José Joaquim Domingues Casal e de Rosa Vieites. N.p. de António José Domingues Casal e de Joaquina Rosa Alves; n.m. de Francisco José Vieites e de Claudina Rosa Alves, todos lavradores. Nasceu em São Paio a 15/2/1881 e foi batizado no dia seguinte. Padrinho: Francisco José Afonso, solteiro, proprietário (representado pelos avós maternos do bebé), todos de Lourenços. // Faleceu a 13/3/1881 e foi sepultado na igreja.

 

CASAL, Germano. Filho de José Joaquim Domingues Casal e de Rosa Vieites, lavradores. N.p. de António José Domingues Casal e de Joaquina Rosa Alves; n.m. de Francisco José Vieites e de Claudina Rosa Alves. Nasceu nos Lourenços, São Paio, a 12/9/1899 e foi batizado pelo padre AE dois dias depois. Madrinha: Felisménia Rosa Domingues Casal, solteira, lavradora, dos Lourenços. // Casou na CRCM a 11/9/1937 com Emília dos Anjos de Castro, nascida a 31/12/1910. // Faleceu em Paderne a 15/7/1970.

 

CASAL, Helena Rosa. Filha de Manuel Domingues Casal e de Rosa Maria, camponeses, moradores no lugar de Sante. Nasceu por volta de 1810. // Faleceu a 4/10/1900, no dito lugar de Sante, com todos os sacramentos, com 90 anos de idade, no estado de solteira, sem testamento, sem filhos, e foi sepultada no adro da igreja de São Paio.

 

CASAL, Hilário. Filho de Manuel Domingues Casal e de Maria Rosa Meleiro. Nasceu em São Paio em 1938 (Notícias de Melgaço n.º 407).    

 

CASAL, João. Filho de --------- Domingues Casal e de ------------------------------. Nasceu em Sante. // Faleceu a 12/10/1848, recebendo apenas o sacramento da extrema-unção, devido à sua doença, e foi sepultado na igreja, com ofício de corpo presente, no dia seguinte. // Deixou testamento. 

 

CASAL, João António. Filho de Francisco Domingues Casal e de Joaquina Matildes Monteiro, moradores em Sante. N.p. de João Domingues Casal e de Maria Carvalho; n.m. de António Monteiro e de Maria Esteves. Nasceu em São Paio a 18/6/1851 e foi batizado dois dias depois. Padrinhos: padre Manuel José Meleiro de Castro, da Raza, e Joaquina Matildes Codesso, das Quingostas. 

 

CASAL, Joaquim. Filho de -------- Domingues Casal e de --------------------------. Nasceu em Sante. // Faleceu viúvo, a 5/2/1835, e foi sepultado na igreja a 7.

 

CASAL, Joaquina. Filha de Francisco José Domingues Casal e de Maria Alves, lavradores. N.p. de António José Domingues Casal e de Mariana Domingues; n.m. de João Alves e de Joaquina Fernandes. Nasceu em São Paio a 25/2/1849 e foi batizada no dia seguinte. Padrinhos: Manuel José Rodrigues e Joaquina Alves, todos de Sante. // Faleceu no dito lugar, a 20/12/1864, com todos os sacramentos. // Tinha 14 anos de idade. // Foi sepultada na igreja de São Paio. // Nota: no dia anterior, 19/12/1864, morrera a sua irmã Rosa, com apenas 20 anos de idade! 

 

CASAL, Joaquina Rosa. Filha de Domingos Joaquim Domingues Casal e de Maria Teresa Afonso, jornaleiros, sampaienses, moradores no lugar de Sante. Neta paterna de Manuel Joaquim Domingues Casal e de Florinda Rosa Soares; neta materna de Emília Carlota Afonso. Nasceu em São Paio a 31/10/1904 e foi batizada a 3 de Novembro desse ano. Padrinhos: José Domingues e Maria Angélica Afonso, solteiros, jornaleiros. // Faleceu em Paderne a 6/2/1986. 

 

CASAL, José Joaquim. Filho de José Domingues Casal e de Rosa Maria Ferreira. Nasceu no lugar de Sante por volta de 1814. // Lavrador. // Morreu no dito lugar a 17/12/1894, com todos os sacramentos, com oitenta anos de idade, no estado de viúvo de Custódia Maria Dias (ver em Paderne), com testamento, com filhos, e foi sepultado no adro da igreja.

 

CASAL, José Joaquim. Filho de Francisco José Domingues Casal e de Joaquina Matildes Rodrigues, moradores em Sante. N.p. de João Manuel Domingues Casal e de Maria Gonçalves Carvalho; n.m. de António Manuel Monteiro Rodrigues e de Maria Esteves. Nasceu em São Paio a 18/2/1849 e foi batizado a 20 desse mês e ano. Padrinhos: padre Manuel José Meleiro de Castro, da Raza, e Joaquina Matildes Codesso, das Quingostas.

 

CASAL, José Joaquim. Filho de Manuel Joaquim Domingues Casal e de Ana Rosa Rodrigues. N.p. de Manuel José Domingues Casal e de Rosa Gonçalves; n.m. de Domingos Rodrigues e de Ana Domingues, todos de Sante. Nasceu em São Paio a 4/5/1851 e foi batizado a 6 desse mês e ano. Padrinhos: Manuel Joaquim Afonso e sua filha, Maria Angélica Afonso, solteira, de Lourenços. 

 

CASAL, José Joaquim. Filho de António José Domingues Casal e de Joaquina Rosa Alves, moradores em Lourenços. N.p. de Joaquim Domingues Casal e de Rosa Ferreira, de Sante; n.m. de Manuel Alves e de Maria Afonso, de Lourenços. Nasceu em São Paio a 24/7/1853 e foi batizado a 28 desse mês e ano. Padrinhos: Joaquim Pires e sua mulher, Ana, do lugar de Ferreiros, São Martinho de Alvaredo, termo de Valadares. // Lavrador. // Casou a 9/2/1880 com Rosa, de 24 anos de idade, solteira, filha de Francisco José Vieites e de CLaudina Rosa Alves, lavradores, de Lourenços. Testemunhas do acto: António José Fernandes, residente em Cavencas, e Secundino José Alves, residente em Barata, ambos casados, lavradores.

 

CASAL, José Joaquim. Filho de Amândio Domingues Casal e de Maria Joaquina Afonso, jornaleiros, sampaienses, moradores no lugar de Sante. Neto paterno de Manuel Inácio Domingues Casal e de Teresa de Jesus Afonso; neto materno de Francisco José Afonso e de Maria Joaquina Lourenço. Nasceu em São Paio a 23/9/1908 e foi batizado a 27 desse mês e ano. Padrinhos: Francisco Domingues Casal e Maria Teresa Domingues, solteiros, jornaleiros. // Morreu a 29/1/1909, no lugar de Sante, e foi sepultado no cemitério. 

 

CASAL, José Luís. Filho de António Joaquim Domingues Casal e de Teresa de Freitas, lavradores, sampaienses. Nasceu em São Paio por volta de ---------? // Rural. // Morreu a 4/8/1905, no lugar da Rasa, com todos os sacramentos, no estado de viúvo de Ludovina Rosa Cardoso, sem testamento, com filhos, e foi sepultado no cemitério paroquial.

 

CASAL, José Manuel. Filho de José Joaquim Domingues Casal e de Carolina (ou Rosa) Vieites. N.p. de António José Domingues Casal e de Joaquina Rosa Alves; n.m. de Francisco José Vieites e de Claudina Rosa Alves, todos de Lourenços, lavradores. Nasceu em São Paio a 10/7/1882 e foi batizado no dia seguinte. Padrinhos: Francisco José Afonso, solteiro, proprietário, morador em Lourenços (representado pelo avô materno do bebé), e a avó materna.   

 

CASAL, Josefa. Filha de Manuel José Domingues Casal e de Rosa Gonçalves. N.p. de Manuel Domingues Casal e de Domingas Carvalho; n.m. de Maria Alves, todos de Sante. Nasceu em São Paio a 9/2/1807 e foi batizada no dia seguinte. Padrinhos: António José Domingues Casal, viúvo, e Rosal Alves, do dito lugar.

 

CASAL, Ludovina Joaquina. Filha de Francisco José Domingues Casal e de Maria Alves. N.p. de António José Domingues Casal e de Mariana Domingues; n.m. de João Alves “Amoroso” e de Joaquina Domingues, todos do lugar de Sante. Nasceu em São Paio a 24/1/1847. Padrinhos de batismo: António José Rodrigues, solteiro, e Joaquina Alves “Amorosa”, tia da recém-nascida.

 

CASAL, Manuel. Filho de Francisco José Domingues Casal e de Joaquina Matildes Rodrigues Monteiro. N.p. de José Domingues Casal e de Maria Gonçalves Carvalho; n.m. de António Rodrigues Monteiro e de Maria Vigária (?), todos de Sante. Nasceu em São Paio a 2/11/1844 e foi batizado pelo padre Manuel José Durão, pároco encomendado de São Paio. Padrinho: padre Manuel José Meleiro de Castro. // Nota: este assento foi feito pelo padre Manuel José Vaz a 5/3/1873 (ver Manuel José Domingues Casal).

 

CASAL, Manuel. Filho de José Joaquim Domingues Casal e de Joaquina Rosa de Castro. Nasceu em São Paio a --/--/1914 (Correio de Melgaço n.º 108, de 24/7/1914). // Mineiro. // Morreu a 11/9/1948, às 10.30 horas, no estado de solteiro, quando se encontrava a trabalhar em uma mina do senhor Aníbal José Alves, do lugar da Portela, Chaviães, com o objetivo de captar água. Rebentou um veio qualquer e ele teve morte imediata, tendo sido sepultado no cemitério da sua freguesia natal no dia seguinte, domingo (NM 873, de 19/9/1948). Os seus irmãos: Álvaro, casado, de 25 anos de idade, mineiro, e Albano, solteiro, trabalhador, de 19 anos de idade, sofreram ferimentos graves, pelo que foram internados no hospital.   

 

CASAL, Manuel António. Filho de António José Domingues Casal e de Mariana Domingues. N.p. de Manuel Domingues Casal e de Domingas Carvalho; n.m. de Manuel António Domingues e de Ana Ferreira, todos de Sante. Nasceu em São Paio a 12/11/1818 e foi batizado a 15 desse mês e ano. Padrinhos: Francisco José Domingues e Francisca Luísa Domingues Casal, de Sante.  

 

CASAL, Manuel António. Filho de Francisco José Domingues Casal e de Maria Alves. N.p. de António Domingues Casal e de Mariana Domingues; n.m. de João Manuel Alves e de Maria Joaquina Domingues, todos de Sante. Nasceu em São Paio a 2/2/1855 e foi batizado nesse dia. Padrinhos: Manuel António Rodrigues Calhegas e Clara Alves, da Cabeceira de Sante. 

 

CASAL, Manuel Inácio. Filho de Manuel Joaquim Domingues Casal e de Ana Rodrigues. N.p. de Manuel Domingues Casal e de Rosa Gonçalves; n.m. de Domingos Rodrigues e de Ana Domingues, todos de Sante. Nasceu em São Paio a 27/11/1848 e foi batizado a 1 de Dezembro desse ano. Padrinhos: Manuel Joaquim Afonso e Maria Angélica Afonso, de Lourenços. // Nota: deve ter falecido ainda bebé, pois os seus pais deram o mesmo nome a um seu irmão (ver em Paderne). 

 

CASAL, Manuel Joaquim. Filho de Joaquim Domingues Casal e de Rosa Maria Ferreira. N.p. de Manuel Domingues Casal e de Domingas Carvalho; n.m. de Manuel Ferreira e de Luísa Gonçalves, todos de Sante. Nasceu em São Paio a 23/11/1820 e foi batizado no dia seguinte. Padrinhos: José Codesso e sua mulher Maria Teresa de Castro Meleiro, da Casa das Quingostas. (Gémeo de António Joaquim). // Nota: parece ser o mesmo indivíduo que faleceu a 13/12/1834, sendo sepultado na igreja no dia 14; só teve ofício de corpo presente por ser filho-família, isto é, menor de idade.    

 

CASAL, Manuel Joaquim. Filho de José Joaquim Domingues Casal e de Custódia Maria Dias. Neto paterno de Joaquim Domingues Casal e de Rosa Maria Ferreira; neto materno de Manuel Dias “Mana” e de Rosa Lourenço, todos de Sante. Nasceu em São Paio a 13/4/1843 e foi batizado a 16 desse mês e ano. Padrinhos: Manuel Joaquim Afonso, do lugar dos Lourenços, e Maria Joaquina Gonçalves, do lugar de Sante. // Lavrador. // Casou a 6/2/1871 com Florinda Rosa Soares, solteira, lavradora, de 29 anos de idade, batizada em Paderne, moradora em Sante, filha de Manuel António Soares e de Joana Vaz, de esse lugar. Testemunhas: Francisco José Rebelo e Manuel Joaquim da Costa, casados, do Cruzeiro.

 

CASAL, Manuel Joaquim. Filho de Manuel Joaquim Domingues Casal e de Florinda Soares. N.p. de José Domingues Casal e de Maria Dias (Mana); n.m. de Manuel António Soares e de Joana Vaz, todos de Sante, lavradores. Nasceu em São Paio a 10/4/1873 e foi batizado a 12 desse mês e ano. Padrinhos: Domingos Joaquim da Rocha, solteiro, natural de Castro Laboreiro, e Maria Joaquina Casal, solteira, do lugar de Sante.

 

CASAL, Manuel Joaquim. Filho de José Joaquim Domingues Casal e de Rosa Vieites, lavradores. Neto paterno de António José Domingues Casal e de Rosa Alves; neto materno de Francisco José Vieites e de Claudina Rosa Alves. Nasceu no lugar dos Lourenços, São Paio, a 9/9/1896 e foi batizado pelo padre António Esteves a 13 desse mês e ano. Padrinhos: José Manuel Domingues Casal e Felisménia Rosa Domingues Casal, solteiros, lavradores, do lugar dos Lourenços. // (Deve ser o mesmo que fez exame do 1.º grau a 17/7/1908, obtendo um «ótimo»). // Casou na CRCM a 28/5/1931 com Maria Rosa Meleiro, de 30 anos de idade, sua conterrânea, filha de Francisco José Meleiro e de Maria Esteves. // Morreu em São Paio a 6/4/1963, «depois de algum tempo de sofrimento»... (NM 1468, de 21/4/1963)» // Com geração.     

 

CASAL, Manuel Joaquim. Filho de Manuel António Domingues Casal e de Maria dos Santos Inocentes Lourenço, lavradores. N.p. de José Domingues Casal e de Custódia Maria Dias; n.m. de Manuel António Lourenço e de Teresa de Jesus Lourenço. Nasceu em Sante, São Paio, a 28/11/1900 e foi batizado pelo padre António Esteves a 30 desse mês e ano. Padrinhos: Manuel Joaquim Alves Garelha e Maria de Jesus Esteves, comerciantes, casados, de Sante.

 

CASAL, Manuel Joaquim. Filho de Domingos José Domingues Casal e de Maria Teresa Afonso, lavradores-caseiros, sampaienses, residentes no lugar de Sante. Neto paterno de Manuel Joaquim Domingues Casal e de Florinda Rosa Soares; neto materno de Emília Carlota Afonso. Nasceu em São Paio a 20 de Junho de 1908 e foi batizado a 24 desse mês e ano. Padrinhos: o seu avô paterno, jornaleiro, e Maria Angélica Afonso, solteira, serviçal. // Casou na CRCM a 5/2/1931 com Maria Rosa Domingues, de 19 anos de idade, natural de Paderne, filha de Manuel António Domingues e de Maria Joaquina Lourenço. // Morreu na freguesia de Paderne a 28/10/1979.

 

CASAL, Manuel José. Filho de Francisco José Domingues Casal e de Joaquina Matildes Rodrigues Monteiro, lavradores, residentes em Sante. // Artista. // Casou com Joaquina Rosa Esteves. // Faleceu em Soutulho a 29/6/1884, com todos os sacramentos. Tinha (segundo o padre) 37 anos de idade. // Foi sepultado no cemitério. // Não fizera testamento. // Não deixou filhos (ver Manuel Domingues Casal).

 

CASAL, Maria. Filha de --------- Domingues Casal e de -----------------------------. Nasceu no lugar de Sante. // Faleceu no estado de solteira, a 27/12/1836, e foi sepultada na igreja no dia seguinte, com ofício de corpo presente. // Era pobre.

 

CASAL, Maria da Anunciação. Filha de Manuel Inácio Domingues Casal, de Paderne, e de Teresa de Jesus Afonso, de São Paio, lavradores, residentes em Sante. Nasceu a --/--/1885. // Faleceu nesse lugar a 31/5/1889, com apenas quatro anos de idade, e foi sepultada na igreja de São Paio.

 

CASAL, Maria da Conceição. Filha de António Joaquim Domingues Casal e de Maria dos Santos Inocentes Lourenço, lavradores. N.p. de José Domingues Casal e de Custódia Maria Dias; n.m. de Manuel António Lourenço e de Teresa de Jesus Lourenço. Nasceu no lugar de Sante a 26/8/1902 e foi batizada pelo padre António Esteves a 31 desse mês e ano. Padrinhos: Alberto Manuel Sérvio e Maria de Jesus Esteves, casados, comerciantes. // Casou a 13/1/1924 com Francisco Domingues Casal, natural de Paderne. // Enviuvou a 19/8/1957. // Faleceu em Paderne a 16/7/1969.

 

CASAL, Maria da Conceição. Filha de Amândio Domingues Casal, jornaleiro, natural de Santa Leocádia, concelho de Baião, e de Maria Joaquina Afonso, jornaleira, natural do lugar de Sante (São Paio e Paderne), moradores no dito lugar de Sante. Neta paterna de Manuel Inácio Domingues Casal e de Teresa de Jesus Afonso; neta materna de Francisco José Afonso e de Maria Joaquina Lourenço. Nasceu em São Paio a 19/2/1903 e foi batizada na igreja a 22 desse mês e ano. Padrinhos: Manuel Marques, casado, e Maria Alves Garelha, solteira, camponeses. // Faleceu em Paderne a 25/12/1979.  

 

CASAL, Maria da Conceição. Filha de -------- Domingues Casal e de -----------------------. Nasceu em São Paio a 10/10/1926. // Faleceu a 27/1/2021. // Mãe de Adelaide… // Avó da Dr.ª Susana, farmacêutica, diretora da Farmácia Roma, em Braga. 

 

CASAL, Maria de Jesus. Filha de José Joaquim Domingues Casal e de Joaquina Rosa de Castro, jornaleiros, sampaienses, moradores no lugar dos Lourenços. Neta paterna de Manuel Inácio Domingues Casal e de Teresa de Jesus Afonso; neta materna de Januário de Castro e de Maria Joaquina Afonso. Nasceu em São Paio a 20/2/1910 e foi batizada a 28 desse mês e ano. Padrinhos: Manuel José de Freitas e Maria Rosa Silva, solteiros, jornaleiros. // Faleceu em São Paio a 13/5/1992.   

 

CASAL, Maria Joaquina. Filha de Manuel José Domingues Casal e de Rosa Gonçalves. Neta paterna de Manuel Domingues Casal e de Domingas Carvalho; neta materna de Sebastião Gonçalves e de Maria Alves, todos de Sante. Nasceu em São Paio a 27/7/1804 e foi batizada dois dias depois. Padrinhos: António José Domingues Casal e Rosa Alves, do dito lugar.

 

CASAL, Maria Joaquina. Filha de João Manuel Domingues Casal e de Maria Gonçalves Carvalho. N.p. de Manuel Domingues Casal e de Domingas Carvalho; n.m. de Manuel Gonçalves Carvalho e de Ana Vieites, todos de Sante. Nasceu em São Paio a 25/12/1808 e foi batizada a 30 desse mês e ano. Madrinha: Francisca Luísa, solteira, filha de Manuel Domingues Casal, de Sante. 

 

CASAL, Maria Joaquina. Filha de Manuel Joaquim Domingues Casal e de Ana Rosa Rodrigues Calhegas, lavradores, de Sante. // Faleceu no dito lugar, a 8/4/1889, com todos os sacramentos, solteira, com 31 anos de idade. // O seu corpo jaz na igreja de São Paio. // Não fizera testamento. // Deixou dois filhos.  

 

CASAL, Maria Rosa. Filha de José Joaquim Domingues Casal e de Rosa Vieites, lavradores. N.p. de António José Domingues Casal e de Joaquina Rosa Alves; n.m. de Francisco José Vieites e de Claudina Rosa Alves. Nasceu nos Lourenços, São Paio, a 22/12/1890 e foi batizada pelo padre MJV no dia seguinte. Madrinha: a sua avó materna, viúva. // Casou na CRCM a 23/2/1935 com Artur Carpinteiro, seu conterrâneo. // Faleceu na sua freguesia de nascimento a 15/11/1973.

 

CASAL, Maria Teresa. Filha de Maria Joaquina Domingues Casal, solteira, lavradora. N.m. de Manuel Joaquim Domingues Casal e de Ana Rosa Rodrigues. Nasceu em Sante, São Paio, a 31/5/1885 e foi batizada pelo padre JAF a 1 de Junho desse ano. Padrinhos: Manuel Joaquim Domingues Longarinhas e Maria Teresa Alves, casados, lavradores, residentes em Sante. // Como a sua mãe falecera a 8/4/1889, e não tendo pai conhecido, Sebastião José Domingues Casal, de Sante, levou a menina à Câmara Municipal no dia 1/5/1889, ficando registada no livro dos expostos sob o n.º 366. // A 4/5/1889 foi entregue à ama de seco, Teresa de Jesus Afonso, casada com Manuel Inácio Domingues Casal, de Sante. // A 1/11/1889 mudou para outra ama, Carlota Joaquina Dias, afilhada do “Tomaz das Quingostas” e casada com Manuel Joaquim Carvalho, do lugar de Sante. // Depois dos sete anos passou a receber pela Junta Geral do Distrito. // Faleceu em Paderne a 21/11/1976.

 

CASAL, Maria Teresa. Filha de António Domingues Casal e de Olívia da Conceição Domingues, moradores nos Lourenços. Nasceu a --/--/19--. // Casou na igreja de São Paio a 29/8/1990 com Nelson Augusto, nascido a 13/1/1961, filho de Amadeu Augusto Colmeiro e de Carminda Rosa Monteiro, residentes nos Bouços, Prado. // Emigrantes em França.

 

CASAL, Mariana. Filha de Manuel José Domingues Casal e de Rosa Gonçalves, lavradores, residentes em Sante. N.p. de Manuel Domingues Casal e de Domingas Carvalho; n.m. de Sebastião Gonçalves e de Maria Alves. Nasceu em São Paio a 24/5/1809 e foi batizada a 28 desse mês e ano. Padrinhos: António José Domingues Casal e Mariana Domingues, de Sante. // Lavradeira. // Casou com Francisco Dias, de quem ficou viúva. // Faleceu em Sante a 14/1/1877 e foi sepultada na igreja de São Paio. // Não fizera testamento. // Deixou filhos.     

 

CASAL, Rosa. Filha de Francisco José Domingues Casal e de Maria Alves, lavradores, residentes em Sante. Nasceu por volta de 1844. // Faleceu nesse lugar a 19/12/1864, com todos os sacramentos. // Era solteira e tinha somente 20 anos de idade. // Foi sepultada na igreja. // Nota: no dia seguinte morria a sua irmã Joaquina, com catorze anos de idade!    

 

CASAL, Rosa. Filha de Manuel Joaquim Domingues Casal e de Florinda Rosa Soares, lavradores. N.p. de José Domingues Casal e de Custódia Maria Dias; n.m. de Manuel António Soares e de Joana Rosa de Carvalho. Nasceu em Sante, São Paio, a 2/10/1884 e foi batizada pelo padre JAF dois dias depois. Padrinhos: o avô paterno, casado, lavrador, e Maria Joaquina Domingues Casal, tia paterna, viúva, lavradeira. // Faleceu em Sante, Paderne, a 1/11/1941.

 

CASAL, Rosalina. Filha de Manuel Inácio Domingues Casal, natural de Paderne, e de Teresa de Jesus Afonso, natural de São Paio, lavradores. Neta paterna de Manuel Joaquim Domingues Casal e de Ana Rodrigues Calhegas; neta materna de Maria Violante Afonso de Carvalho. Nasceu em Sante, São Paio, a 22/6/1896 e foi batizada pelo padre António Esteves a 26 desse mês e ano. Padrinhos: Bento Gonçalves e Maria José Gonçalves, merceeiros, casados, de Sante.

 

CASAL, Teresa Rosa. Filha de Manuel José Domingues Casal e de Rosa Gonçalves. N.p. de Manuel Domingues Casal e de Domingas Carvalho; n.m. de Sebastião Gonçalves e de Maria Alves, todos de Sante. Nasceu em São Paio a 19/4/1813 e foi batizada a 24 desse mês e ano. Padrinhos: António José Domingues Casal e sua mulher Mariana Domingues, do sobredito lugar.  

 

CASAL, Tomaz Joaquim. Filho de José Domingues Casal e de Custódia Dias. Neto paterno de Joaquim Domingues Casal e de Rosa Ferreira; neto materno de Manuel Dias e de Maria Rosa Lourenço, todos de Sante. Nasceu em São Paio a 3/12/1838 e foi batizado a cinco desse mês e ano. Padrinhos: Tomaz Joaquim Codesso e sua irmã, Matildes, do lugar de Quingostas.

 

CASAL, Utelinda. Filha de Domingos José Domingues Casal e de Maria Teresa Afonso, jornaleiros, sampaienses, moradores no lugar de Sante. Neta paterna de Manuel Joaquim Domingues Casal e de Florinda Rosa Soares; neta materna de Emília Carlota Afonso. Nasceu em São Paio a 5/1/1907 e no dia seguinte foi batizada na igreja. Padrinhos: o seu avô paterno, casado, jornaleiro, e Maria Angélica Afonso, solteira, serviçal. // continua...